Governo da Tasmânia distribui vouchers de viagem para incentivar turismo interno

Realização: Governo da Tasmânia

País: Austrália

Na Austrália, a Tasmânia impôs, desde o início da pandemia de Covid-19, grandes restrições para a entrada de pessoas na ilha, afetando uma das principais economias da região: o turismo.

Assim, o governo local desenvolveu um plano, chamado de “Make Yourself at Home” (sinta-se em casa, em tradução livre) para incentivar o turismo local. Como parte do plano, uma da iniciativas, anunciada em agosto de 2020, foi a de distribuir vouchers de viagem para a população.

Através do site do programa, os tasmanianos podiam se inscrever como adultos solteiros ou como um casal, ou como uma família, para obter os vouchers de desconto para acomodação e/ou experiências turísticas. A distribuição dos vouches, iniciadas no dia 7 de setembro, atingiu a capacidade máxima em menos de 40 minutos.

De acordo com o governo da Tasmania, os custos da iniciativa são de US $ 7,5 milhões.

 

Loja promete reembolso de mais de 3 mil Reais a compradores que pegarem Covid-19 em até 24 horas após a compra

Realização: Nandilath G-Mart

País: Índia

Na Índia, a loja de eletrodomésticos Nandilath G-Mart buscou atrair de volta os consumidores ao ponto de venda físico prometendo reembolso de 50.000 Rúpias indianas (o equivalente a cerca de 3.600 Reais, considerando o câmbio atual), caso o comprador teste positivo para o coronavírus dentro de 24 horas após a compra.

A oferta, válida entre os dias 15 a 30 de agosto, gerou um aumento no número de compradores, mas também reações contrárias. Um advogado apresentou um apelo ao governo contra a promoção, alegando que ela era ilegal e que poderia atrair pessoas com Covid-19 a fazer compras na loja, escondendo seu estado de saúde e, posteriormente, pedindo o reembolso.

Em julho de 2020, a Emirates adotou uma medida similar, oferecendo pagamento das despesas médicas para os passageiros diagnosticados com Covid-19 após viajarem com a companhia.

 

Reino Unido lança esquema de subsídio para incentivar retorno da população aos restaurantes

Realização: Governo do Reino Unido

País: Reino Unido

Como forma de incentivar a população a voltar a frequentar restaurantes, o governo do Reino Unido lançou em agosto de 2020 o esquema “Eat Out to Help Out” (Comer fora para ajudar, em tradução literal) em que paga metade das contas dos restaurantes dos clientes.

O esquema prevê que qualquer pessoa que visitar um restaurante, café ou pub participante do programa às segundas, terças e quartas-feiras durante o mês de agosto tem direito ao desconto de 50% na conta. O desconto se aplica a todos os alimentos e bebidas não alcoólicas consumidos nos estabelecimentos, com valor máximo de £ 10 (cerca de 70 Reais, considerando a conversão atual) por pessoa.

O subsídio é uma forma encontrada para proteger os empregos no setor de hospitalidade – que foi duramente atingido pelo Coronavírus.

 

Máscara + Renda, da Rede Asta, gera renda e distribui produção localmente

Realização: Rede Asta

País: Brasil

Em tempos de crise, sabe-se que os grupos mais afetados sócio-economicamente são sempre mulheres e crianças, historicamente ameaçados nos seus sistemas de garantias de direitos. E, com a pandemia da Covid-19, não foi diferente: milhares de costureiras e artesãs, em todo o país, sofreram os impactos em seus micro empreendimentos ou nas confecções para as quais prestavam serviços, seja como autônomas ou como empregadas.

Diante deste cenário, a Rede Asta, em parceria com uma série de empresas e instituições, lançou o projeto “Máscara mais Renda” que tem como objetivo principal gerar renda para mulheres em situação de vulnerabilidade social, em todo o país. Elas se inscrevem gratuitamente e, após selecionadas, recebem a matéria prima em casa e um pagamento por máscaras produzida por dia, garantindo o recebimento de uma renda mensal, por 03 meses. Ao final da produção, elas indicam organizações sociais locais para receberem as máscaras e distribuírem para a comunidade, gratuitamente.

Este é o tipo de ação que impulsiona a potência do consumo local, aliados às características de um negócio de impacto social: gerar renda em resposta a uma determinada problemática, de modo que o maior número de pessoas sejam beneficiadas por uma mudança nos modos de se produzir e consumir.

 

Campanha da Vans transforma sapatos personalizados em dinheiro para lojas fechadas em função do Coronavírus

Realização: Vans

País: Estados Unidos

A marca de sapatos e roupas de skate Vans criou a iniciativa Foot The Bill (em inglês, foot the bill é o mesmo que pay the bill; ou seja, significa “pagar a conta”) para tentar reduzir o impacto financeiro sofrido pelas empresas norte-americanas que tiveram seus negócios impedidos de funcionar durante a quarentena.

Em abril de 2020, a marca convidou pequenas lojas de skate, restaurantes, galerias de arte e espaços ligados à música que foram obrigados a fechar em função do Coronavírus a personalizarem seus sapatos e depois venderem seus designs por meio de sua plataforma de comércio eletrônico. O valor das vendas dos itens personalizados (menos custos de produção e frete) são destinados à loja ou local de criação, tornando a compra um ato de apoio a empresas locais em dificuldades.

A Vans se comprometeu a produzir até 500 pares de cada design, e os compradores podem personalizar ainda mais os sapatos, alterando a cor ou o material, por meio do e-commerce da Vans.

Segundo nota publicada no site da iniciativa, a Vans até agora ajudou empresas com aproximadamente US $ 4 milhões através do Foot The Bill.

 

Uma pequena cidade em Washington está imprimindo sua própria moeda durante a pandemia

Realização: Prefeitura de Tenino, Washignton, EUA

País: Estados Unidos

O que acontece quando uma cidade cria sua própria moeda social? Em uma tentativa de diminuir o golpe do Covid-19, a cidade de Tenino começou a emitir seus próprios dólares de madeira que só podem ser gastos em empresas locais.

O prefeito da cidade, Wayne Fournier decidiu que Tenino reservaria US$ 10 mil para doar a moradores de baixa renda feridos pela pandemia. Mas, em vez de usar dólares federais, ele imprimiu o dinheiro em finas folhas de madeira projetadas exclusivamente para uso em Tenino. E utilizou uma impressora de jornal de 130 anos de um museu local. A ideia central de Fournier é extraída da própria história de Tenino.

Durante a Grande Depressão, a cidade imprimiu conjuntos de dólares de madeira usando exatamente a mesma impressora de jornal de 1890. Em um ano, a moeda de madeira ajudou a reviver a economia.

Ao restabelecer a moeda antiga agora, Fournier se tornou parte de um movimento muito maior. Com as empresas preocupadas em manter as luzes acesas e as pessoas lutando para conseguir gastar dinheiro, as comunidades têm se esforçado para manter suas economias locais à tona. Então, eles reviveram uma estratégia antiga: na dúvida, imprima seu próprio dinheiro. Hoje, essas chamadas “moedas locais” podem ajudar as pequenas comunidades a se recuperarem das consequências econômicas do Covid-19.

 

Covid-19 essentials loja pop-up

Realização: Aventura Mall

País: Estados Unidos

Covid-19 Essentials é uma nova loja pop-up no segundo andar do Aventura Mall, em Miami, Flórida. De branding de gosto duvidoso e, esperançosamente, de uma vida curta, a loja está sendo considerada um empreedimento no m’nimo interessante.

Na loja pop-up, é possível encontrar uma grande variedade de produtos, como termômetros, máscaras faciais, luvas, abridores de portas sem contato, esterilizadores de telefone, e muito álcool em gel. Há também um serviço de personalização para máscaras faciais.

“Qualquer coisa que esteja relacionada ao COVID-19, nós temos.”, diz o proprietário Nadav Benimetzky.

 

Jägermeister lança plataforma #SAVETHENIGHT para ajudar profissionais que dependem de bares e boates fechadOs em função da pandemia

Realização: Jägermeister

País: Global

A pandemia de Covid-19 tem mantido as pessoas em casa e longe de bares e boates, trazendo dificuldade para profissionais que dependem desses locais para realizarem suas atividades. Pensando nisso, em maio de 2020, a Jägermeister lançou a plataforma #SAVETHENIGHT de reservas on-line que conecta artistas, bartenders e outros profissionais da noite de diversos locais do mundo ao público em casa.

Na sessão Meister Drop-Ins da plataforma, as pessoas podem reservar DJs, dançarinos, mixologistas, mágicos, etc, para participar de suas festas virtuais pelo Skype, Zoom ou Houseparty gratuitamente. Para reservar um ‘meister’ para participar da reunião, as pessoas precisam visitar o site e selecionar o artista ou especialista de sua escolha. É possível visualizar os perfis de cada ‘Meister’, que inclui a biografia do profissional e o que esperar da sessão (no caso de aulas de coquetel, também pode-se ver o que é preciso comprar com antecedência). Os usuários podem então selecionar sua sessão preferida e inserir seu nome, email, o link para a sessão virtual e a senha da reunião, se houver.

A Jägermeister está pagando a cada Meister pela aparência virtual e, quando as sessões de 20 a 30 minutos são concluídas, o organizador da festa é convidado a oferecer uma contribuição via PayPal.

A marca planeja lançar outras ativações em sua plataforma #SAVETHENIGHT, incluindo uma série de masterclasses.

 

Adote um CV busca aumentar visibilidade de currículos de profissionais que procuram recolocação durante a pandemia

Realização: Rodrigo Chiesa + Paulo Silva

País: Brasil

Lançado em abril de 2020, o Adote um CV tem como objetivo ajudar os brasileiros que perderam o emprego durante a pandemia do Coronavírus e buscam recolocação. A ideia é que uma pessoa ‘adote’ um currículo disponibilizado no site, de um profissional que está em busca de emprego, e o compartilhe em suas redes sociais, ajudando a dar visibilidade ao CV e aumentando as chances de contratação do profissional.

A iniciativa sem fins lucrativos, desenvolvida por Rodrigo Chiesa e Paulo Silva, consolida informações de planilhas divulgadas de forma pública no Linkedin, de profissionais que foram desligados de seus empregos em função do atual cenário.

 

Antarctica realiza parceria com Biscoito Globo e reverte venda do produto para ambulantes

Realização: AMBEV + Biscoito Globo

País: Brasil

Com o objetivo de relembrar os dias tipicamente cariocas, a Cerveja Antarctica realizou uma parceria para a compra de Biscoito Globo, um ícone da cidade que teve as vendas drasticamente afetadas pela interdição das praias do Rio de Janeiro. O aplicativo Zé Delivery passou a comercializar em 26 de maio kits da cerveja e do biscoito, com lucro 100% revertido para complemento de renda dos ambulantes.
Tanto o valor do lucro do biscoito quanto da Antarctica serão doados aos ambulantes, que receberão o crédito via Ame Digital. A empresa já possuía o cadastro de inúmeros ambulantes que realizavam, desde janeiro, vendas pelo app.

 

Havaianas, Complexo do Alemão e Brasil no movimento #EmpatiaGeraEmpatia

Realização: Havaianas e coletivos

País: Brasil

De uma conversa entre o ativista Raull Santiago, morador do Complexo do Alemão e cofundador do Coletivo Papo Reto e a Consultora Cristina Naumovs, surgiu a ponte da parceria com a Havaianas, que se transformou em milhares de chinelos, produtos de higiene, limpeza e leite em pó. Como durante a pandemia, todas as ações do Papo Reto estão direcionadas a fortalecer o Gabinete de Crise do Complexo do Alemão (já mencionado em postagem anterior aqui), foi a partir desta frente que iniciou a distribuição pela favela.

Além do Complexo do Alemão, conseguiram conectar mais algumas periferias do Brasil nessa parceria, como a ONG Lá da Favelinha do Aglomerado da Serra, em Belo Horizonte. Agência Popular Solano Trindade do Campo Limpo, em São Paulo. Rede Urbana de Ações Socioculturais “RUAS” de Ceilândia, Brasília. E o Vale do Dendê, de Salvador.

Video no perfil do Instagram do Raull Santiago.

 

Fashion Masks, do Instituto REsocial, entregam 1 milhão de máscaras em 30 dias de operação

Realização: Instituto REsocial

País: Brasil

O movimento Fashion Masks nasceu no início da quarentena, sem fins lucrativos, com o propósito de fazer a ponte entre a demanda por máscaras de proteção e profissionais sem trabalho neste período de paralisação da economia. Assim, dando suporte a empreendedores individuais e gerando renda para a população desassistida.

As máscaras são feitas por pequenas fábricas antes paralisadas e em situação de risco. Apenas pelos custos de produção e frete, entregam as máscaras em casa para quem não consegue produzi-las. A REsocial é uma iniciativa de inclusão social, criada em meio a maior crise sanitária e econômica vivida em nosso país, com o propósito de criar soluções auto-sustentáveis capazes de absorver a força de trabalho de mais 40 milhões de brasileiros desempregados. A missão é impactar positivamente o elo mais fraco da sociedade (informais e minorias), criando projetos que os possibilitem continuar trabalhando e sustentando suas famílias.

 

Movimento Nós: iniciativa criada por grandes companhias de alimentos e bebidas para ajudar o pequeno comércio brasileiro

Realização: Ambev + Aurora + BRF + Coca-Cola + Heineken + Mondelez + Nestlé + Pepsico

País: Brasil

Movimento Nós é uma iniciativa criada por oito das principais companhias de alimentos e bebidas do Brasil (Ambev, Aurora, BRF, Coca-Cola, Heineken, Mondelez, Nestlé e Pepsico) para ajudar o pequeno comércio brasileiro a transpor os desafios causados pelo surto de Covid-19.

Lançada em maio de 2020, a coalizão desenvolve ações para ajudar os pequenos negócios em 4 vertentes:

Reabastecimento facilitado do estoque: as empresas do Movimento se comprometem a oferecer condições comerciais para ajudar os pequenos pontos-de-venda a se reabastecer, especialmente na primeira compra. Entre os benefícios estão: prazos maiores de pagamento, pagamento em maior número de parcelas, crédito digital para a primeira compra, descontos especiais, produtos bonificados e produtos consignados.

Fortalecimento da relação entre comércios locais e consumidores: as empresas do Movimento buscam colocar em prática ações para estimular o consumo. Entre as ações desenhadas estão reposição de estoques de produtos com descontos adicionais aos valores totais dos pedidos ou em itens selecionados, seleção de produtos com promoção especial para ser repassado o desconto para o consumidor e retorno de créditos a cada compra para ser usado em pedidos futuros (cashback).

Divulgação de informações relevantes do mercado: as empresas do Movimento se comprometem a dividir informações públicas relevantes para os pequenos comerciantes, democratização da informação, fazendo-a chegar aos pequenos empreendedores.

Reabertura segura com foco na saúde: as empresas do Movimento buscam compartilhar protocolos e treinamentos de proteção e saúde, kits com máscaras, álcool em gel, cartilha de boas práticas, cartazes, entre outros itens para retomada das atividades dos pequenos comerciantes.

Segundo as empresas, mais de R$ 370 milhões serão investidos no programa, beneficiando mais de 300 mil pequenos comércios em todo o Brasil — entre bares, lanchonetes, padarias, mercearias, empórios e restaurantes.

 

Heinz transforma ingredientes de seu ketchup em cestas de doação para preparo de refeições

Realização: Heinz

País: Brasil

Em maio de 2020, a Heinz Brasil transformou os ingredientes da receita do seu ketchup – tomate, açúcar, vinagre, sal, cebola e temperos naturais – em cestas para o preparo de refeições nutritivas para pessoas em situação de vulnerabilidade. As cestas foram doadas para a Gastromotiva, uma organização sem fins lucrativos que visa a transformação social por meio da gastronomia, e que desde início do agravamento da pandemia de Covid-19 no Brasil vem desenvolvendo iniciativas para ajudar pessoas em vulnerabilidade, como a campanha #EuAlimentoEsperança.

 

Me ajuda a ajudar? Frente à pandemia, do que precisam os mais vulneráveis?

Realização: BOX1824 + Publicitários Negros

País: Brasil

A iniciativa idealizada por jovens comunicadores periféricos com apoio do grupo Publicitários Negros e da BOX1824 mapeia as necessidades e urgências da periferias de todo o Brasil, buscado insumos a iniciativas sociais de grandes marcas e empresas no combate a pandemia de COVID-19.

 

Festival Favela em Casa: programação online que une diferentes linguagens artísticas das periferias do Brasil

Realização: Sociedade Civil + Ubunbu Produções + Boia Fria Produções + Aquarium Prodz

País: Brasil

O Festival Favela em Casa surgiu a partir da crise enfrentada pelos artistas independentes durante a pandemia. Pretende unir geração de renda, engajamento cívico e solidariedade com várias produções artísticas urbanas vindas das periferias de todo o Brasil em 36 horas de programação divididos por quatro dias e mais de 70 apresentações.

.Essa é uma iniciativa de dois jovens da periferia paulista, a produtora Andressa Oliveira, moradora do Campo Limpo, extremo sul de São Paulo e o articulador cultural e fotógrafo Marcelo Rocha, da cidade de Mauá no ABC Paulista. Junto a isso, os produtores Ana Paula Paulino (Ubuntu Produções), Mariana Bergel (Boia Fria Produções), Rico Manzano (Aquarium Prodz) e Warley Alves, se juntaram ao time para uma curadoria coletiva, com dezenas de artistas de várias favelas do país.

“O Brasil é um país festivo por natureza, reconhecido por suas culturas. Assim, não surpreende em ter encontrado uma saída tão potente nas lives da vida, gerando entretenimento em meio ao caos, que torna esse momento menos difícil de se passar. Cultura de periferia para periferia.”

 

Startups se unem a pequenos agricultores e criam negócios na pandemia

Realização: Livup + parceiros

País: Brasil

Tecnologia aliada aos pequenos produtores de orgânicos pode salvar economia familiar e gerar novos empregos. De um lado produtores familiares, com alimentos orgânicos tentando escoar plantação. Do outro, a Livup, uma startup de foodtech (empresa que une plataforma digital e comida) em expansão no Brasil. A união fez a força e o resultado é um novo negócio: a entrega de cestas de orgânicos via app e site.. Em tempos de crise e isolamento, empresas de tecnologia têm agilidade para mudar e se adaptar ao novo mercado de consumidores.

 

Cerveja Bohemia lança movimento “Ajude um Buteco” para ajudar botecos a reabrirem após fim da quarentena

Realização: Bohemia

País: Brasil

Com as recomendações para todos ficarem em casa devido a pandemia de Covid-19, botecos de todo o Brasil precisaram fechar as suas portas. Para garantir a reabertura dos estabelecimentos após o período sem faturamento, em abril de 2020, a cervejaria Bohemia lançou o movimento “Ajude um Buteco”.

Através da iniciativa, consumidores podem escolher o boteco de preferência e comprar vouchers para serem usados no futuro, com descontos no valor da compra. A cada compra, Bohemia inteira 20% do valor do voucher adquirido. Desta forma vouchers de consumo de R$ 25 têm preço para o consumidor de R$20, vouchers de R$ 50 têm preço de R$ 40 e vouchers de consumo de R$ 100 têm preço de R$ 80.

Em março de 2020, Stella Artois já havia criado uma iniciativa similar para ajudar restaurantes e em abril, a Heineken desenvolveu a campanha #BrindedoBem para ajudar bares durante a pandemia de Coronavírus.

 

Plataforma “Pertinho de Casa” aproxima pequenos produtores de consumidores e ajuda comércio local

Realização: FAESP + Facebook, Accenture + Sebrae + Senar + Vtex

País: Brasil

O PERTINHO DE CASA é uma iniciativa, sem fins lucrativos, liderada pela FAESP- Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo e apoiada por distintas empresas (denominadas “Apoiadoras” entre elas a Accenture, Facebook e VTEX) que se uniram durante a pandemia da Covid-19, causada pelo Coronavírus, para aproximar produtores rurais, feirantes e afins, empreendedores de micro e pequenos negócios, (que viram suas rendas reduzidas drástica e repentinamente) a consumidores próximos a suas regiões de atuação, e que se viram com a mobilidade reduzida em razão das restrições de circulação.

 

CUFA recolhe doações para moradores de favelas através do Uber Eats

Realização: CUFA + Uber Eats

País: Brasil

Em abril de 2020, a CUFA (Central Única das Favelas) firmou uma parceria com o Uber Eats no Brasil para receber doações através do aplicativo. Os usuários do Uber Eats poderão doar cestas básicas e kits de higiene acessando a loja virtual “A comunidade nos move” disponível no aplicativo. As doações, entregues diretamente à CUFA, serão destinadas a favelas em cinco cidades do Brasil: São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre e Salvador.

 

Amsterdã adota modelo de ‘doughnut’ para reconstrução econômica pós-coronavírus

Realização: Prefeitura Amsterdã

País: Países Baixos

Autoridades holandesas e a economista britânica Kate Raworth, do Instituto de Mudança Ambiental da Universidade de Oxford, usam guia criado pela economista para ajudar a cidade a prosperar pós pandemia. Modelo tem como objetivo a busca do equilíbrio entre as necessidades econômicas de países, cidades e pessoas e os recursos ambientais disponíveis.

 

Covid Radar: coletivo integra iniciativas de enfrentamento à pandemia

Realização: Empresas e organizações

País: Brasil

Com o objetivo de ajudar no rastreamento do Covid-19 e auxiliar a sociedade brasileira no enfrentamento à Covid-19, o Covid Radar surge como uma iniciativa formada com o apoio de mais de 40 instituições públicas, privadas e acadêmicas (incluindo a Rede Brasil, do Pacto Global da ONU) em prol de uma maneira de acompanhar o avanço de casos da doença no país. O resultado é uma fonte de informações seguras e confiáveis para monitorar a contaminação e orientar a tomada de decisões, permitindo a atuação assertiva em cada fase da epidemia.

 

Lista Fortes Brasil: incentivo À doação de 1% do lucro líquido da empresa

Realização: Sociedade Civil

País: Brasil

A Lista Fortes nasceu da ideia do ator Caco Ciocler de estimular ainda mais doações desde o início da pandemia do Covid- 19 e ajudar as instituições que estão na luta contra o coronavírus, em todas as frentes, construção de hospitais, compra de equipamentos médicos, produção de álcool gel, distribuição de alimentos e renda, implementação de logística, etc. Já conta com apoio de diversos artistas que formam a lista de propagadores da boa notícia da Lista Fortes. 

A empresa escolhe suas causas e instituições, doa pelos menos 1% do seu lucro líquido, e passa a fazer parte da Lista Fortes Brasil.

 

Starling Bank cria cartão que permite que qualquer pessoa faça compras para os que estão em isolamento social

Realização: Starling Bank

País: Reino Unido

Em abril de 2020, o banco online do Reino Unido Starling Bank lançou o cartão Connected, um segundo cartão que os clientes podem conectar às suas contas existentes e dar a qualquer pessoa de sua confiança para pagar por compras em seu nome.

O cartão foi projetado para ajudar os clientes do banco que estão isolados durante a pandemia do Coronavírus e contam com amigos, vizinhos e voluntários da comunidade de confiança para fazer suas compras.

Protegido por uma senha e com um saldo limite de £ 200 (cerca de 1.450,00 Reais, em cotação atual) o cartão conectado é seguro e só permite que os usuários façam compras em lojas físicas e não online.

 

Banco Original paga R$ 60 a mais a quem receber o Auxílio Emergencial do Governo na instituição

Realização: Banco Original

País: Brasil

Em abril de 2020, o Banco Original anunciou que vai oferecer mais R$ 60 para as pessoas beneficiadas pelo auxílio emergencial de R$ 600 do Governo Federal que optarem por receber o benefício pelo banco. Para receber o adicional ao chamado “coronavoucher”, os correntistas que tiverem direito ao auxílio devem cadastrar a conta do Original na hora de acessar o aplicativo Auxilio Emergencial ou o site da Caixa.

 

Magalu lança plataforma digital para pequenas empresas e autônomos

Realização: Magazine Luiza

País: Brasil

Parceiro Magalu é o novo hub de vendas digitais do Magazine Luiza. Inaugurada em 02 de abril, Parceiro Magalu é uma plataforma de vendas digital gratuita que irá ajudar autônomos, micro e pequenos varejistas a terem uma renda durante esse período de crise causado pela pandemia do COVID-19.

 

Roche Canada lança desafio Covid-19 de inovação para incentivar a população a desenvolver soluções para enfrentar a pandemia de Coronavírus

Realização: Roche

País: Canadá

A Roche Canadá lançou o Desafio Covid-19 de Inovação para incentivar ajudar canadenses a desenvolver soluções para os desafios da pandemia de Covid-19.

Participantes devem submeter um projeto de solução inovadora a um desafio identificado como resultado da pandemia. Os projetos são revisados por um Comitê Diretivo da Roche Canadá com base nos critérios estabelecidos.

Os projetos vencedores de indivíduos são elegíveis para financiamento de até US $ 50.000 por programa e envios de equipe são elegíveis para financiamento de até US $ 100.000 por programa.

 

Heineken lança a campanha #BrindedoBem para ajudar bares durante a pandemia

Realização: Heineken

País: Brasil

Heineken cria plataforma de “vaquinha” com o objetivo de auxiliar bares que vem sofrendo o impacto da pandemia. Através dela, consumidores e empresas podem comprar vouchers de consumo em seus bares preferidos. Estes poderão ser resgatados até 31 de dezembro de 2020.

Além disso, a Heineken dobrará todo o valor arrecadado.

 

Blue Note SP doa refeições para moradores de rua e cria campanha para ampliar a iniciativa

Realização: Blue Note SP

País: Brasil

Com o avanço do COVID-19 , muitas pessoas em situação de rua deixaram de ser atendidas por serviços sociais por conta das medidas de segurança adotadas na quarentena. Pensando nisso, o Blue Note de São Paulo, em parceria com Bar Brahma, Bar Leo e Riviera Bar e Restaurante passaram a distribuir cerca de 500 refeições por semana àqueles em situação de vulnerabilidade na região central da capital. Para ampliar a iniciativa, a empresa lançou, em abril de 2020, uma campanha em que destina 15% do faturamento dos pedidos feitos via o aplicativo Goomer para a produção de mais refeições para doação.

Stone lança campanha #CompreLocal e diversas iniciativas para ajudar pequenos negócios impactados pela pandemia

Realização: Stone

País: Brasil

No final de abril, o Tinder anunciou que todos os usuários terão acesso à fer

Em março de 2020, a empresa de maquininha de cartões Stone lançou a campanha #CompreLocal, como forma de mobilizar o maior número de pessoas possíveis para que façam suas compras em pequenos negócios. A campanha conta com uma plataforma em que os comerciantes podem divulgar os seus negócios para a comunidade e onde diversas ferramentas online são disponibilizadas para que os comerciantes possam conquistar um novo canal de vendas e se manter ativos durante a quarentena.

A empresa também anunciou uma série de medidas para que os negócios que sofreram suspensão da atividade presenciais por determinação do governo consigam cortar custos, e aumentar o fluxo de caixa. Entre as iniciativas estão:

  • Isenção da mensalidade do aluguel das máquinas no período em que acredita ser o mais crítico para os casos de Covid-19.
  • Fornecimento de equipamentos adicionais sem custo para operação de delivery.
  • Oferta de R$ 100 milhões em microcrédito.
  • Desconto na taxa de antecipação de recebíveis. A taxa, cobrada para que o varejista possa antecipar o recebimento dos pagamentos realizados na modalidade crédito, tradicionalmente repassados 30 dias após a realização da venda, terá redução de 25%.

 

Under Armour desenvolve máscara de proteção sem costura que pode ser produzida de forma rápida e em grande quantidade

Realização: Under Armour

País: Estados Unidos

Para apoiar o sistema de saúde durante a pandemia do coronavírus, em março de 2020, a marca de vestuário e equipamentos esportivos Under Armour passou a fabricar e distribuir aos profissionais de diversos hospitais dos Estados Unidos, máscaras faciais, escudos, aventais hospitalares, entre outras peças de proteção individual.

Para atender à alta demanda por equipamentos de proteção, a equipe da Under Armour se concentrou no projeto de uma máscara que poderia ser produzida muito rapidamente e em grande quantidade. Assim, a equipe desenvolveu um desenho de máscara de peça única que não requer costura. Suas dobras no estilo origami moldam o tecido especialmente escolhido, que é respirável e resistente à umidade, na forma de máscara.

 

Funcionários temporariamente afastados da companhia aérea SAS dão apoio ao sistema de saúde sueco

Realização: Scandinavian Airlines -SAS

País: Suécia

Em março de 2020, a companhia aérea sueca Scandinavian Airlines – SAS anunciou o afastamento temporário de mais de 10.000 funcionários devido à pandemia de coronavírus. No entanto, a empresa está realocando os funcionários afastados para atuarem junto ao sistema de saúde da Suécia.
Por meio de uma parceria com a Ambea, uma provedora líder de assistência médica no país, os funcionários que desejarem poderão receber treinamento rápido como profissionais de saúde. O curso será gratuito para os participantes, que serão treinados no fornecimento de informações aos pacientes e suas famílias, equipamentos de esterilização e tarefas administrativas básicas.

 

Stella Artois cria site de vouchers para ajudar pequenos restaurantes

Realização: Stella Artois

País: Brasil

Chamado de Apoie Um Restaurante, projeto permite que clientes comprem vouchers com 50% de desconto para consumo pós-pandemia.

A plataforma permite que clientes comprem vouchers de R$ 100 pagando somente R$ 50. A ideia é que os consumidores possam usufruir do benefício quando as restrições de deslocamento terminarem. 

O objetivo é ajudar esses restaurantes a ter dinheiro em caixa para dar continuidade ao seu empreendimento. A Stella Artois irá pagar a diferença de R$ 50 aos estabelecimentos, repassando o valor integral de R$ 100 para o pequeno negócio.

 

Coca-Cola suspende publicidade de todas suas marcas e reverte a verba para o combate ao CoronavÍrus

Realização: Coca-Cola

País: Brasil

A Coca-Cola suspendeu a publicidade de todas as suas marcas e reverteu a verba para a divulgação de informações de prevenção, saúde dos funcionários e iniciativas de combate ao vírus.

Afirma que doará, junto a seus parceiros e à The Coca-Cola Foundation, US$ 120 milhões no combate à doença. 

 

Nestlé doa 500 toneladas de alimentos para a população Brasileira

Realização: Nestlé

País: Brasil

Em março de 2020, a Nestlé anunciou a doação de mais de 500 toneladas de alimentos, bebidas e alimentos para animais de estimação para auxiliar a sociedade brasileira durante a pandemia. Dentre os itens estão leites, sopas, biscoitos e cafés, entre outros. Além disso, em parceria com as cooperativas de reciclagem e catadores da plataforma Cataki, será realizada a doação de mais de 24 toneladas de alimentos, que serão distribuídos a aproximadamente 2.500 famílias ligadas às cooperativas de reciclagem da cidade de São Paulo e região.

 

Nubank paga compras de delivery e consultas para clientes durante a quarentena

Realização: Nubank

País: Brasil

Em março de 2020, a fintech brasileira anunciou a criação de um fundo de 20 milhões de reais, com recursos provenientes da verba de marketing e de outros ganhos de eficiência, para ajudar nas despesas dos clientes com atendimento médico e psicológico remoto via vídeo, pedidos de supermercados e farmácias, entre outros serviços.

A iniciativa funciona assim: o cliente entra em contato com o banco, explica sua necessidade e o Nubank direciona o cliente para uma empresa ou instituição parceira da iniciativa.

O hospital Sírio-Libanês, por exemplo, disponibilizou mil atendimentos em sua plataforma de tele-orientação médica para os clientes da fintech. A parceria com a plataforma de atendimento psicológico Zenklub funcionará de forma semelhante. Já a parceria com iFood e Rappi funcionará via créditos que poderão ser usados para entregas de comida ou outras compras. O valor da compra e da entrega são pagos pelo Nubank.

Gastromotiva lança Cozinhas Solidárias para ampliar o acesso da população vulnerável à comida

Realização: Gastromotiva

País: Brasil

Com a pandemia, um dos braços de atuação da ONG Gastromotiva, o Reffeitorio Gastromotiva, escola de culinária e ponto de alimentação para pessoas em situação de vulnerabilidade no Rio de Janeiro, passou a operar como receptor alimentos doados que serão escoados para organizações parceiras que precisam de ajuda.

Além do banco de alimentos, a Gastromotiva também planejou, por meio da sua rede de alunos, ex-alunos e parceiros, um modelo de cozinhas que possam atender populações em situação de insegurança alimentar. Nessas cozinhas, chamadas de Cozinhas Solidárias, cada cozinheiro usa a sua própria estrutura para produzir as refeições. A Gastromotiva envia alimentos, embalagens e ajuda a gerenciar a operação e logística de distribuição das refeições nas comunidades.

Para ajudar a manter e abrir novas Cozinhas Solidária, a Gastromotiva também criou o fundo #Eualimentoesperança, em que pessoas podem fazer contribuições através da plataforma de crowdfunding Kickante.

 

Ambev produz álcool em gel para doar a hospitais públicos

Realização: Ambev

País: Brasil

Em março de 2020, a produtora de bebidas Ambev anunciou a produção e doação de 500 mil unidades de garrafas de álcool em gel para os hospitais públicos brasileiros das cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, que concentram os maiores números de casos de Covid-19 do país.

Para a produção do álcool gel, a empresa usou o etanol advindo do processo de fabricação da Brahma 0.0, cerveja sem álcool da companhia. Já para as embalagens, foram usadas garrafas pets de 237ml que seriam utilizadas para o envase de outras bebidas da companhia.

Em abril, a empresa anunciou a distribuição de outras 500 mil unidades de álcool gel para atender todas as Unidades Federativas do país. Para ampliar a doação, a Ambev criou linhas de produção exclusivas em algumas unidades fabris e adquiriu novos equipamentos para as cervejarias. Segundo a empresa, 1,2 milhões de unidades de álcool gel foram entregues.

A empresa não é a primeira a colocar em prática esse tipo de iniciativa. Na França, o grupo LVMH converteu suas fábricas de fragrância em instalações para a produção de álcool gel.

 

Resorts da Disney doam alimentos que não serão consumidos em função do fechamento dos parques

Realização: Walt Disney World Resort e Disneyland Resort

País: Estados Unidos

Em função do fechamento temporário dos parques da Disney nos Estados Unidos, em março de 2020, o Walt Disney World Resort na Flórida e o Disneyland Resort na Califórnia iniciaram doações de alimentos excedentes para ajudar as comunidades locais.

 

LVMH converte fábricas de fragrâncias em instalações de produção de álcool gel

Realização: Grupo LVMH

País: França

Dado o risco de escassez de álcool gel na França em função da pandemia, o grupo LVMH anunciou em março de 2020 a produção e a distribuição gratuita do produto para o sistema de saúde público francês.

A LVMH utilizará as instalações de produção de suas marcas de perfumes e cosméticos na França para produzir grandes quantidades de álcool gel para doação.