Festival de música Tomorrowland realiza versão virtual do evento devido à pandemia

Realização: Tomorrowland

País: Global

O Tomorrowland, festival de música eletrônica que tradicionalmente ocorre na cidade Belga de Boom, anunciou a realização do evento em versão virtual nos dias 25 e 26 de julho de 2020.

Chamado de Tomorrowland Around The World (Tomorrowland Ao Redor do Mundo, em tradução literal), o formato foi a forma encontrada pela marca para manter vivo o festival mesmo em meio à pandemia de Covid-19. Assim, em vez de um lugar físico, a organização do evento criou um mundo mágico digital para o festival, a ilha de Pāpiliōnem.

Contando com 8 palcos e mais de 60 artistas, incluíndo Katy Perry e nomes de peso da cena eletrônica, como Armin van Buuren, Dimitri Vegas & Like Mike, Steve Aoki e Tiësto, além de uma seleção de webinars, jogos e workshops, a proposta do Tomorrowland online é criar uma nova experiência de entretenimento interativo.

Diferente da maioria das lives realizadas durante o confinamento, o Tomorrowland Around The World é um evento 100% pago, com ingressos variando de 12,50 euros para um dia (cerca de R$ 70) a 50 euros (pacote com transmissão ao vivo dos dois dias do evento + o direito de assistir uma reprise das apresentações favoritas até 3 de agosto).

Segundo a organização do Tomorrowland, mais de 1 milhão de pessoas participaram da edição virtual do festival.

 

Adolescente recusa R$ 45 milhões por site sobre Covid-19

Realização: Ncov2019.live

País: Estados Unidos

O adolescente americano de 17 anos, Avi Schiffmann, recusou uma oferta de aproximadamente R$ 45 milhões de reais ( US$ 8 milhões ) por seu site ncov2019.live, que monitora o avanço do Covid-19 no mundo.

A plataforma que é atualizada constantemente com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) e de sites dos governos dos países, despertou o interesse de uma empresa que pretendia ter o controle editorial do site colocando anúncios visando os milhões de visitantes.

O adolescente foi muito criticado nas redes sociais por recusar a oferta sendo chamado até de “burro”, no entanto Schiffmann alegou que “dinheiro não é tudo” e que ele queria apenas “ajudar as pessoas”, sem visar o lucro em troca.

 

Jägermeister lança plataforma #SAVETHENIGHT para ajudar profissionais que dependem de bares e boates fechadOs em função da pandemia

Realização: Jägermeister

País: Global

A pandemia de Covid-19 tem mantido as pessoas em casa e longe de bares e boates, trazendo dificuldade para profissionais que dependem desses locais para realizarem suas atividades. Pensando nisso, em maio de 2020, a Jägermeister lançou a plataforma #SAVETHENIGHT de reservas on-line que conecta artistas, bartenders e outros profissionais da noite de diversos locais do mundo ao público em casa.

Na sessão Meister Drop-Ins da plataforma, as pessoas podem reservar DJs, dançarinos, mixologistas, mágicos, etc, para participar de suas festas virtuais pelo Skype, Zoom ou Houseparty gratuitamente. Para reservar um ‘meister’ para participar da reunião, as pessoas precisam visitar o site e selecionar o artista ou especialista de sua escolha. É possível visualizar os perfis de cada ‘Meister’, que inclui a biografia do profissional e o que esperar da sessão (no caso de aulas de coquetel, também pode-se ver o que é preciso comprar com antecedência). Os usuários podem então selecionar sua sessão preferida e inserir seu nome, email, o link para a sessão virtual e a senha da reunião, se houver.

A Jägermeister está pagando a cada Meister pela aparência virtual e, quando as sessões de 20 a 30 minutos são concluídas, o organizador da festa é convidado a oferecer uma contribuição via PayPal.

A marca planeja lançar outras ativações em sua plataforma #SAVETHENIGHT, incluindo uma série de masterclasses.

 

Supermercado Carrefour usa radiação ultravioleta para desinfectar compras do Coronavírus

Realização: Carrefour

País: Brasil

Em junho de 2020, a rede de supermercados Carrefour instalou em uma de suas lojas em Osasco, São Paulo, uma máquina de luz ultravioleta para higienizar os produtos adquiridos pelos clientes.

Funciona assim: após empacotadas no caixa, as compras são colocadas no carrinho de supermercado que entram dentro da máquina, um por vez. Uma porta se fecha para proteger as pessoas e a máquina emite radiação através de uma luz ultravioleta (UV) que, segundo a empresa, é capaz de eliminar vírus, bactérias e outros micro-organismos das superfícies dos produtos.

 

MICRASHELL: Uma roupa que permite socialização segura em tempos de pandemia

Realização: Estúdio Production Club

País: Estados Unidos

A pandemia causada pelo Covid-19 alterou drasticamente a vida de milhões de pessoas no mundo, principalmente pelas medidas de distanciamento social adotadas. A partir dessa provocação, a roupa Micrashell foi desenvolvida como uma solução segura para interação social. Especialmente projetada para satisfazer as necessidades da vida noturna, o look conta com filtro N95, sistema de emissão de ar, um suporte para celular e caixas de pressão para beber sem retirar o capacete.

 

Garçom-robô na Espanha permite degustar cerveja com distanciamento social

Realização: Gitana Loca – rede de cervejas

País: Espanha

Uma rede de bares em Sevilha, Espanha, automatizou os atendimentos, antecipando um plano de ampliação do autosserviço, em decorrência da pandemia de Covid. A cidade, que está na primeira das três fases de desconfinamento na qual os terraços dos bares podem abrir com uma capacidade reduzida, conta apenas com garçons-robô.

 

MIT e Harvard preparam máscara que se acende quando detecta Covid-19

Realização: Universidades Harvard/ MIT

País: Estados Unidos

Pesquisadores da Universidade Harvard e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) estão desenvolvendo uma máscara de proteção que será capaz de detectar se a pessoa está infectada com o novo coronavírus. Sempre que o indivíduo tossir, espirrar ou respirar, uma luz fluorescente se acenderá. Para os cientistas, isso poderá ajudar a sanar o problema da falta de testes, recorrente em muitos países, uma vez que os doutores podem colocar a máscara nos pacientes e descobrir rapidamente, sem precisar levar os exames a um laboratório, se eles têm ou não a Covid-19.

 

Com impossibilidade de sessões de fotos presenciais, Amaro cria modelo virtual para suas campanhas

Realização: Amaro

País: Brasil

Sem poder realizar sessões de fotos presenciais com modelos, fotógrafos e equipe de produção devido ao isolamento social, a Amaro, loja de roupas online, criou uma modelo virtual para estrelar suas campanhas publicitárias digitais. Chamada de Mara, a modelo foi criada a partir da base de dados coletados pelo time de inteligência de negócios da empresa.

 

Governo australiano lança app de rastreamento de infectados

Realização: Governo Australiano

País: Australia

O governo australiano lançou um aplicativo de rastreamento do coronavírus em meio a preocupações de privacidade. O aplicativo de rastreamento COVIDSafe faz parte da estratégia do governo para identificar, rastrear e isolar pessoas infectadas além das restrições de distância física.

O aplicativo ajuda a encontrar contatos próximos de casos COVID-19, também as autoridades de saúde do estado e do território a contatar rapidamente pessoas que possam ter sido expostas ao COVID-19. O aplicativo COVIDSafe acelera o processo manual atual de encontrar pessoas que entraram em contato próximo com alguém com o vírus.

 

Startups se unem a pequenos agricultores e criam negócios na pandemia

Realização: Livup + parceiros

País: Brasil

Tecnologia aliada aos pequenos produtores de orgânicos pode salvar economia familiar e gerar novos empregos. De um lado produtores familiares, com alimentos orgânicos tentando escoar plantação. Do outro, a Livup, uma startup de foodtech (empresa que une plataforma digital e comida) em expansão no Brasil. A união fez a força e o resultado é um novo negócio: a entrega de cestas de orgânicos via app e site.. Em tempos de crise e isolamento, empresas de tecnologia têm agilidade para mudar e se adaptar ao novo mercado de consumidores.

 

Desfile é criado a partir de realidade virtual durante lockdown francês

Realização: Lanvin

País: França

Durante a Semana de Moda de Paris, a Lanvin colaborou com as plataformas de vídeo Douyin, Yizhibo, iQiyi e o varejista de luxo Secoo para criar um desfile virtual.

A marca também convidou blogueiros de moda e Jiayi (羿) da boyband UNINE para transmitir ao vivo a ação nos bastidores do programa sob a hashtag #lanvin 场 场 (#lanvinCloudBasedRunway), resultando em mais de 5 milhões de visualizações.

Além das novas roupas, as mais recentes bolsas da Lanvin – inspiradas em objetos do cotidiano, como embalagens utilizadas em delivery – chegaram às mídias sociais chinesas, iniciando conversas e ajudando a direcionar um público mais jovem para a marca.

A epidemia de coronavírus está realmente testando a capacidade de resposta das empresas, especialmente na indústria de luxo. Como Lanvin, a chave para muitos designers tem sido aumentar a interação humana através da utilização da tecnologia.

 

Magalu lança plataforma digital para pequenas empresas e autônomos

Realização: Magazine Luiza

País: Brasil

Parceiro Magalu é o novo hub de vendas digitais do Magazine Luiza. Inaugurada em 02 de abril, Parceiro Magalu é uma plataforma de vendas digital gratuita que irá ajudar autônomos, micro e pequenos varejistas a terem uma renda durante esse período de crise causado pela pandemia do COVID-19.

 

Agência de Londres cria filtro para Snapchat que ajuda a manter o distanciamento social

Realização: We Are Social

País: Reino Unido

Em abril de 2020, a agência We Are Social de Londres criou um filtro para Snapchat que ajuda usuários da rede social a seguirem o distanciamento social e respeitarem as recomendações do governo de ficarem ao menos dois metros de distância de outras pessoas para combater a disseminação do coronavírus.

Chamado de Snap Safe, o filtro usa a tecnologia de realidade aumentada para mostrar a distância que as pessoas precisam manter umas das outras quando estão fora de casa. Caso a proximidade com outros membros do público seja menor que dois metros, o filtro mostra o aviso: ‘FIQUE PARA TRÁS. SALVE VIDAS’.

 

Google mostra onde as quarentenas estão sendo respeitadas

Realização: Google

País: Mundial

O Google está utilizando dados de localização recolhidos de smartphones para ajudar autoridades de saúde a entender como as pessoas estão se movimentando durante a pandemia global de COVID-19, ou seja, como elas estão se comportamento em resposta aos pedidos de isolamento, distanciamento físico e home-office.

Os dados de localização compartilhados por seus usuários são usados para elaborar o que chama de “Relatórios de Mobilidade Comunitária”, criados para ajudar as autoridades a saber se a população está seguindo as recomendações de distanciamento social durante a pandemia.

Informação é baseada nos dados que já são compartilhados voluntariamente pelos usuários e usados para indicar o movimento em lojas e outros locais no Google Maps.

 

Governo brasileiro vai monitorar celulares para conter pandemia

Realização: Governo Federal

País: Brasil

O governo brasileiro vai passar a ter acesso a dados das operadoras de celulares para identificar aglomerações de pessoas em todo o país. Utilizando a geolocalização do celular, ferramenta que checa aglomerações e deslocamentos atingirá 222 milhões de linhas. Recurso será usado pelo Ministério da Saúde em políticas públicas. Dados serão fornecidos pelas empresas de telecomunicações Algar, Claro, Oi, TIM e Vivo.

Ao longo do avanço da pandemia, tem ganhado força o debate em torno de medidas que utilizam dados pessoais e sistemas de vigilância para combater o vírus. Até onde o interesse coletivo pode avançar sobre o individual?

Para parte dos especialistas e das autoridades, o debate sobre o direito à privacidade nesse momento não é apenas irrelevante como também pode ser fatal. O lado oposto aponta o risco da instalação de um Estado de vigilância permanente em nome de um bem comum e em detrimento do direito à privacidade.

 

Tinder libera recurso ‘Passaporte’ para todos os usuários durante a pandemia

Realização: Tinder

País: Diversos

No final de abril, o Tinder anunciou que todos os usuários terão acesso à ferramenta ‘Passaporte’, normalmente disponível apenas para clientes Gold ou Plus, por conta dos isolamentos causados pela pandemia do novo coronavírus. O recurso permite pagar para “viajar” a qualquer lugar do mundo à procura de “matches”.

 

Desafio de inovação COVID-19 para PMEs do setor de energia

Realização: Nera

País: Australia

O Centro de Crescimento para o setor de recursos energéticos Australiano – NERA – fornecerá US $ 20.000 para até dez empresas australianas de recursos energéticos (um total de até US $ 200.000 em financiamento) que oferecerem soluções, serviços ou conhecimentos que possam ajudar a gerenciar e mitigar os desafios que o país enfrentará como resultado do surto de COVID-19.

O Nera visa incentivar PMEs de recursos energéticos australianos a pensar de maneira diferente e inovadora e como elas podem adaptar suas soluções existentes e / ou conhecimento especializado para ajudar a enfrentar os desafios associados à pandemia.

 

Hospitais usam AI para detectar sintomas de COVID

Realização: Care.ai

País: Estados Unidos

O projeto, idealizado por uma empresa chamada care.ai, faz o reconhecimento facial de visitantes em hospitais, analisando características como sudorese e descoloração da pele, além de dados da temperatura corporal, tudo isso usando um sistema com IA.

 

Departamento de defesa de Israel converte radar militar em detector de Covid-19

Realização: Parcerias

País: Israel

O departamento de defesa de Israel em parceria com outras duas organizações da área de defesa, a Israel Aerospace Industries (IAI) e a Elbit Systems, está trabalhando para reajustar sistemas de radares militares projetados para defender Israel contra ataques terroristas para detectarem coronavírus em corpos humanos. Oficiais do Ministério da Defesa do país anunciaram que a tecnologia permitirá medir sinais vitais de pacientes, incluindo pulso, freqüência respiratória e temperatura, e detectar padrões que indicam uma provável infecção por Covid-19.

 

Tableau lança ‘Covid-19 Data Hub’, dashboard on-line para medir o impacto da pandemia nos negócios

Realização: Tableau

País: Global

A empresa de softwares de análise de dados Tableau está ajudando as empresas a avaliar o impacto da pandemia em seus negócios com o painel interativo Covid-19 Data Hub. Lançado em março de 2020, o painel contém uma série de dados relacionados ao Covid-19 para ajudar os usuários a visualizar e analisar o impacto do surto. Os dados são provenientes da base de dados mantido e atualizado pelo Centro de Ciência e Engenharia da Universidade Johns Hopkins. O Tableau limpa, reformula e prepara esses dados para uso. As empresas podem baixar workbooks personalizados de forma gratuita e combiná-los com o próprio banco de dados da empresa para rastrear como o vírus pode afetar a equipe, os clientes e os fornecedores.