Starling Bank cria cartão que permite que qualquer pessoa faça compras para os que estão em isolamento social

Realização: Starling Bank

País: Reino Unido

Em abril de 2020, o banco online do Reino Unido Starling Bank lançou o cartão Connected, um segundo cartão que os clientes podem conectar às suas contas existentes e dar a qualquer pessoa de sua confiança para pagar por compras em seu nome.

O cartão foi projetado para ajudar os clientes do banco que estão isolados durante a pandemia do Coronavírus e contam com amigos, vizinhos e voluntários da comunidade de confiança para fazer suas compras.

Protegido por uma senha e com um saldo limite de £ 200 (cerca de 1.450,00 Reais, em cotação atual) o cartão conectado é seguro e só permite que os usuários façam compras em lojas físicas e não online.

 

Banco Original paga R$ 60 a mais a quem receber o Auxílio Emergencial do Governo na instituição

Realização: Banco Original

País: Brasil

Em abril de 2020, o Banco Original anunciou que vai oferecer mais R$ 60 para as pessoas beneficiadas pelo auxílio emergencial de R$ 600 do Governo Federal que optarem por receber o benefício pelo banco. Para receber o adicional ao chamado “coronavoucher”, os correntistas que tiverem direito ao auxílio devem cadastrar a conta do Original na hora de acessar o aplicativo Auxilio Emergencial ou o site da Caixa.

 

Stone lança campanha #CompreLocal e diversas iniciativas para ajudar pequenos negócios impactados pela pandemia

Realização: Stone

País: Brasil

No final de abril, o Tinder anunciou que todos os usuários terão acesso à fer

Em março de 2020, a empresa de maquininha de cartões Stone lançou a campanha #CompreLocal, como forma de mobilizar o maior número de pessoas possíveis para que façam suas compras em pequenos negócios. A campanha conta com uma plataforma em que os comerciantes podem divulgar os seus negócios para a comunidade e onde diversas ferramentas online são disponibilizadas para que os comerciantes possam conquistar um novo canal de vendas e se manter ativos durante a quarentena.

A empresa também anunciou uma série de medidas para que os negócios que sofreram suspensão da atividade presenciais por determinação do governo consigam cortar custos, e aumentar o fluxo de caixa. Entre as iniciativas estão:

  • Isenção da mensalidade do aluguel das máquinas no período em que acredita ser o mais crítico para os casos de Covid-19.
  • Fornecimento de equipamentos adicionais sem custo para operação de delivery.
  • Oferta de R$ 100 milhões em microcrédito.
  • Desconto na taxa de antecipação de recebíveis. A taxa, cobrada para que o varejista possa antecipar o recebimento dos pagamentos realizados na modalidade crédito, tradicionalmente repassados 30 dias após a realização da venda, terá redução de 25%.

 

Nubank paga compras de delivery e consultas para clientes durante a quarentena

Realização: Nubank

País: Brasil

Em março de 2020, a fintech brasileira anunciou a criação de um fundo de 20 milhões de reais, com recursos provenientes da verba de marketing e de outros ganhos de eficiência, para ajudar nas despesas dos clientes com atendimento médico e psicológico remoto via vídeo, pedidos de supermercados e farmácias, entre outros serviços.

A iniciativa funciona assim: o cliente entra em contato com o banco, explica sua necessidade e o Nubank direciona o cliente para uma empresa ou instituição parceira da iniciativa.

O hospital Sírio-Libanês, por exemplo, disponibilizou mil atendimentos em sua plataforma de tele-orientação médica para os clientes da fintech. A parceria com a plataforma de atendimento psicológico Zenklub funcionará de forma semelhante. Já a parceria com iFood e Rappi funcionará via créditos que poderão ser usados para entregas de comida ou outras compras. O valor da compra e da entrega são pagos pelo Nubank.