Edição 2020 da Maratona do Rio tem versão virtual em função da Covid-19

Realização: Maratona do Rio

País: Brasil

Em março de 2020, a Maratona do Rio teve sua realização adiada para outubro, com a expectativa de que, até a data, a pandemia de Covid-19 já estivesse controlada e a prova presencial pudesse ser realizada.

Em julho, no entanto, a organização do evento, após analisar a evolução do surto e as diretrizes das autoridades de saúde, anunciou a realização da edição 2020 da maratona em um novo formato, totalmente virtual.

No novo formato, os corredores podem participar da maratona de onde estiverem, definindo o seu próprio trajeto. Com provas de 5 km e 10 km, 21 km e os tradicionais 42 Km, os competidores devem se conectar à plataforma Running Heroes entre os 9 à 12 de outubro e completar a quilometragem escolhida.

Antes da prova, um kit com camiseta é enviado à casa do participante e para aqueles que completarem a corrida, a medalha é enviada ao endereço do atleta.

Enquanto correm, os inscritos também contribuem para o combate à pandemia do Coronavírus, já que a cada quilômetro percorrido uma quantia em dinheiro será doada à FIOCRUZ para viabilizar tratamentos e formas de prevenção à Covid-19.

 

McDonald’s Suécia cria versão do McLanche Feliz para idosos em isolamento social

Realização: McDonald’s

País: Suécia

Em julho de 2020, o McDonald’s da Suécia anunciou uma versão do McLanche Feliz especialmente para idosos durante o isolamento social, onde em vez de brinquedo, o brinde surpresa era um desenho ou cartinha de seus netos.

A iniciativa, realizada em parceria com a agência Nord DDB, de Estocolmo, convidou algumas famílias a surpreenderem seus parentes mais velhos com o “Happy Meal Senior” durante um fim de semana. O combo chegava em casa com a opção de lanche favorita dos avós, ajudando a reduzir a sensação de distanciamento entre eles e o restante da família.

 

Adolescente recusa R$ 45 milhões por site sobre Covid-19

Realização: Ncov2019.live

País: Estados Unidos

O adolescente americano de 17 anos, Avi Schiffmann, recusou uma oferta de aproximadamente R$ 45 milhões de reais ( US$ 8 milhões ) por seu site ncov2019.live, que monitora o avanço do Covid-19 no mundo.

A plataforma que é atualizada constantemente com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) e de sites dos governos dos países, despertou o interesse de uma empresa que pretendia ter o controle editorial do site colocando anúncios visando os milhões de visitantes.

O adolescente foi muito criticado nas redes sociais por recusar a oferta sendo chamado até de “burro”, no entanto Schiffmann alegou que “dinheiro não é tudo” e que ele queria apenas “ajudar as pessoas”, sem visar o lucro em troca.

 

Casa de repouso cria “túnel do abraço” para que parentes possam manter contato físico com idosos durante a pandemia

Realização: Residencial Geriátrico Três Figueiras

País: Brasil

Em junho de 2020, o residencial geriátrico Três Figueiras, na cidade de Gravataí, no Rio Grande do Sul, criou o “túnel do abraço”, uma espécie de cortina de plástico com compartimento para os braços para que parentes pudessem manter contato físico com os residentes da casa de repouso de forma segura, sem risco de transmitirem o vírus.

 

MIT e Harvard preparam máscara que se acende quando detecta Covid-19

Realização: Universidades Harvard/ MIT

País: Estados Unidos

Pesquisadores da Universidade Harvard e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) estão desenvolvendo uma máscara de proteção que será capaz de detectar se a pessoa está infectada com o novo coronavírus. Sempre que o indivíduo tossir, espirrar ou respirar, uma luz fluorescente se acenderá. Para os cientistas, isso poderá ajudar a sanar o problema da falta de testes, recorrente em muitos países, uma vez que os doutores podem colocar a máscara nos pacientes e descobrir rapidamente, sem precisar levar os exames a um laboratório, se eles têm ou não a Covid-19.

 

Roche Canada lança desafio Covid-19 de inovação para incentivar a população a desenvolver soluções para enfrentar a pandemia de Coronavírus

Realização: Roche

País: Canadá

A Roche Canadá lançou o Desafio Covid-19 de Inovação para incentivar ajudar canadenses a desenvolver soluções para os desafios da pandemia de Covid-19.

Participantes devem submeter um projeto de solução inovadora a um desafio identificado como resultado da pandemia. Os projetos são revisados por um Comitê Diretivo da Roche Canadá com base nos critérios estabelecidos.

Os projetos vencedores de indivíduos são elegíveis para financiamento de até US $ 50.000 por programa e envios de equipe são elegíveis para financiamento de até US $ 100.000 por programa.

 

Hospitais usam AI para detectar sintomas de COVID

Realização: Care.ai

País: Estados Unidos

O projeto, idealizado por uma empresa chamada care.ai, faz o reconhecimento facial de visitantes em hospitais, analisando características como sudorese e descoloração da pele, além de dados da temperatura corporal, tudo isso usando um sistema com IA.

 

Museu do Futebol lança projeto para combater a solidão entre idosos durante o isolamento social

Realização: Museu do Futebol

País: Brasil

O Museu do Futebol de São Paulo lançou, em março de 2020, o projeto Revivendo Memórias #EmCasa, em que o time do educativo do museu promove conversas online com idosos para combater a solidão durante a quarentena.

Nele, os educadores buscam trabalhar a memória afetiva dos participantes a partir do futebol e de outros assuntos de interesse desse público como músicas, novelas e filmes.

A ideia surgiu a partir da experiência que o Museu já tem, em parceria com o Hospital das Clínicas, de atendimento a pessoas com a doença de Alzheimer. Com o surgimento do coronavírus e a necessidade de isolamento social, a instituição resolveu abrir a iniciativa para um público mais amplo, trocando as visitas presenciais pelas conversas à distância – até porque, o Museu também está temporariamente fechado como parte dos esforços de conter a propagação da doença.

 

Under Armour desenvolve máscara de proteção sem costura que pode ser produzida de forma rápida e em grande quantidade

Realização: Under Armour

País: Estados Unidos

Para apoiar o sistema de saúde durante a pandemia do coronavírus, em março de 2020, a marca de vestuário e equipamentos esportivos Under Armour passou a fabricar e distribuir aos profissionais de diversos hospitais dos Estados Unidos, máscaras faciais, escudos, aventais hospitalares, entre outras peças de proteção individual.

Para atender à alta demanda por equipamentos de proteção, a equipe da Under Armour se concentrou no projeto de uma máscara que poderia ser produzida muito rapidamente e em grande quantidade. Assim, a equipe desenvolveu um desenho de máscara de peça única que não requer costura. Suas dobras no estilo origami moldam o tecido especialmente escolhido, que é respirável e resistente à umidade, na forma de máscara.

 

Funcionários temporariamente afastados da companhia aérea SAS dão apoio ao sistema de saúde sueco

Realização: Scandinavian Airlines -SAS

País: Suécia

Em março de 2020, a companhia aérea sueca Scandinavian Airlines – SAS anunciou o afastamento temporário de mais de 10.000 funcionários devido à pandemia de coronavírus. No entanto, a empresa está realocando os funcionários afastados para atuarem junto ao sistema de saúde da Suécia.
Por meio de uma parceria com a Ambea, uma provedora líder de assistência médica no país, os funcionários que desejarem poderão receber treinamento rápido como profissionais de saúde. O curso será gratuito para os participantes, que serão treinados no fornecimento de informações aos pacientes e suas famílias, equipamentos de esterilização e tarefas administrativas básicas.

 

Coca-Cola suspende publicidade de todas suas marcas e reverte a verba para o combate ao CoronavÍrus

Realização: Coca-Cola

País: Brasil

A Coca-Cola suspendeu a publicidade de todas as suas marcas e reverteu a verba para a divulgação de informações de prevenção, saúde dos funcionários e iniciativas de combate ao vírus.

Afirma que doará, junto a seus parceiros e à The Coca-Cola Foundation, US$ 120 milhões no combate à doença. 

 

Gastromotiva lança Cozinhas Solidárias para ampliar o acesso da população vulnerável à comida

Realização: Gastromotiva

País: Brasil

Com a pandemia, um dos braços de atuação da ONG Gastromotiva, o Reffeitorio Gastromotiva, escola de culinária e ponto de alimentação para pessoas em situação de vulnerabilidade no Rio de Janeiro, passou a operar como receptor alimentos doados que serão escoados para organizações parceiras que precisam de ajuda.

Além do banco de alimentos, a Gastromotiva também planejou, por meio da sua rede de alunos, ex-alunos e parceiros, um modelo de cozinhas que possam atender populações em situação de insegurança alimentar. Nessas cozinhas, chamadas de Cozinhas Solidárias, cada cozinheiro usa a sua própria estrutura para produzir as refeições. A Gastromotiva envia alimentos, embalagens e ajuda a gerenciar a operação e logística de distribuição das refeições nas comunidades.

Para ajudar a manter e abrir novas Cozinhas Solidária, a Gastromotiva também criou o fundo #Eualimentoesperança, em que pessoas podem fazer contribuições através da plataforma de crowdfunding Kickante.

 

Ambev produz álcool em gel para doar a hospitais públicos

Realização: Ambev

País: Brasil

Em março de 2020, a produtora de bebidas Ambev anunciou a produção e doação de 500 mil unidades de garrafas de álcool em gel para os hospitais públicos brasileiros das cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, que concentram os maiores números de casos de Covid-19 do país.

Para a produção do álcool gel, a empresa usou o etanol advindo do processo de fabricação da Brahma 0.0, cerveja sem álcool da companhia. Já para as embalagens, foram usadas garrafas pets de 237ml que seriam utilizadas para o envase de outras bebidas da companhia.

Em abril, a empresa anunciou a distribuição de outras 500 mil unidades de álcool gel para atender todas as Unidades Federativas do país. Para ampliar a doação, a Ambev criou linhas de produção exclusivas em algumas unidades fabris e adquiriu novos equipamentos para as cervejarias. Segundo a empresa, 1,2 milhões de unidades de álcool gel foram entregues.

A empresa não é a primeira a colocar em prática esse tipo de iniciativa. Na França, o grupo LVMH converteu suas fábricas de fragrância em instalações para a produção de álcool gel.

 

Plataforma ‘Vizinho do Bem’ conecta vizinhos que precisam de auxílio durante a quarentena com aqueles que podem ajudar

Realização: Nox

País: Brasil

Percebendo que muitas pessoas em quarentena, especialmente aquelas no grupo de risco, como idosos e pessoas com comorbidades, estavam precisando de ajuda para realizar atividades como ir ao supermercado ou passear com o cachorro, a start-up brasileira de gestão de condomínios Nox lançou, em março de 2020, a plataforma Vizinho do Bem, que conecta vizinhos que precisam de ajuda com aqueles que podem ajudar.

Funciona assim: o interessado preenche um cadastro com seus dados, dizendo se precisa de ajuda ou quer ajudar. O time da start-up analisa a veracidade das informações apresentadas e pesquisa as proximidades entre a ajuda e o voluntário, fazendo a conexão dessas pessoas por WhatsApp. Após feita a aproximação, a apresentação e relação fica por conta das duas partes. O serviço é prestado de forma gratuita.